Uma Thurman posta vídeo do acidente de ‘Kill Bill’ e fala sobre arrependimento de Quentin TarantinoBuzz

Uma Thurman posta vídeo do acidente de ‘Kill Bill’ e fala sobre arrependimento de Quentin Tarantino

A musa Uma Thurman demonstrou sua coragem e engajamento com a exposição de abusos sofridos por atrizes dentro de sets de filmagens de Hollywood. Ela postou em seu perfil do Instagram um vídeo que mostra o acidente sofrido por ela durante as filmagens de Kill Bill. Na legenda, ela explica o motivo da postagem e fala sobre a irresponsabilidade do diretor Quentin Tarantino.

Eu posto este vídeo para eternizar a exposição completa feita no New York Times, por Maureen Dowd. As circunstâncias desse evento foram de uma negligência criminosa. […] Quentin Tarantino está profundamente arrependido e segue com remorso por causa desse triste evento. Ele me cedeu a filmagem anos depois para que eu pudesse expor e deixar que isso fosse visto às claras. […]

i post this clip to memorialize it’s full exposure in the nyt by Maureen Dowd. the circumstances of this event were negligent to the point of criminality. i do not believe though with malicious intent. Quentin Tarantino, was deeply regretful and remains remorseful about this sorry event, and gave me the footage years later so i could expose it and let it see the light of day, regardless of it most likely being an event for which justice will never be possible. he also did so with full knowledge it could cause him personal harm, and i am proud of him for doing the right thing and for his courage. THE COVER UP after the fact is UNFORGIVABLE. for this i hold Lawrence Bender, E. Bennett Walsh, and the notorious Harvey Weinstein solely responsible. they lied, destroyed evidence, and continue to lie about the permanent harm they caused and then chose to suppress. the cover up did have malicious intent, and shame on these three for all eternity. CAA never sent anyone to Mexico. i hope they look after other clients more respectfully if they in fact want to do the job for which they take money with any decency.

A post shared by Uma Thurman (@ithurman) on

 


Leia mais:


Quentin Tarantino se posicionou sobre as acusações de Uma Thurman do acidente de ‘Kill Bill’

Em entrevista ao Deadline, o cineasta comentou a matéria publicada no The New York Times.

Uma e eu conversamos sobre isso por um longo tempo, decidindo como ela faria a revelação. Ela queria esclarecer a história depois de tanto tempo. Ela perguntou se poderia ter o vídeo e eu tive que achar, 15 anos depois (…) Não acreditei, eu não achei que acharíamos. O acidente era claro. Fiquei feliz de ter conseguido o vídeo para ela. Uma queria acusar certas pessoas no artigo, por terem acobertado o acidente. Parte do meu trabalho era fazer uma entrevista com Maureen Dowd [jornalista da matéria de Thurman] e apoiar as acusações de Uma, mas eu e Dowd acabamos não nos encontrando. Eu li o artigo e parece que todos os caras chamaram advogados, então não foram nomeados, e eu acabei levando a culpa inteira.

O diretor também comenta como se sentiu ao presenciar o acidente no dia da filmagem:

Simplesmente horrível. Vê-la tentando assumir controle do carro… Fiquei lembrando de falar pra ela como era seguro e como ela poderia fazer, enfatizando que era uma estrada reta, reta… O fato de que ela acreditou em mim, e eu literalmente vi esta pequena curva surgindo. E ela roda em falso. Foi muito triste. De longe um dos maiores arrependimentos de minha carreira, um dos maiores arrependimentos da minha vida. Por muitos motivos.

Posts Relacionados

Facebook Comments