Por que os títulos de filmes são traduzidos da maneira que são?Cinema

Por que os títulos de filmes são traduzidos da maneira que são?

Ficamos muitas vezes ansiosos pela estreia de um filme internacional. No entanto, quando ele chega com um nome totalmente diferente do original, ficamos com a pulga atrás da orelha pensando se vale mesmo a pena assisti-lo. Concordam? Existem inúmeros exemplos disso.

Não é à toa que a indústria cinematográfica seja gigantesca. Com a globalização e a internet, as produções audiovisuais percorrem o globo quase instantaneamente. Para que esses produtos sejam consumidos pela maior quantidade de pessoas possível, a distância e o tempo não são um problema. Nesse caso, uma das coisas que ajuda ou dificulta uma película a ser bem recebida na casa dos brasileiros pode ser a forma como seu título é traduzido.

Se Beber, Nao Case!-títulos-tradução


Leia mais:


A tradução dos títulos de um filme

As distribuidoras são as grandes responsáveis por fazer um filme chegar no cinema perto de sua casa. Quando tratamos de uma produção estrangeira que será vista em todos os lugares, é necessário pensar em qual nome dar a ela.

Essa escolha leva em consideração alguns aspectos culturais da localidade para onde o filme será levado, a sonoridade do título e, claro, o imenso investimento em marketing. Por exemplo, The Godfather tem tradução literal para “O Padrinho“.

Mas imagine se a distribuidora comercializasse a obra de Coppola com esse nome? Não daria aos espectadores a ideia de um filme de ação sobre a máfia italiana. Este é um exemplo positivo de tradução, já que o título se adéqua ao gênero do filme e acaba por atrair os fãs desse tipo de filme.

tradução-títulos-the godfather

Título spoiler

Também temos traduções que já contam todo o filme em poucas palavras. É o caso de e beber, não case (The Hangover) e  A primeira noite de um homem (The Graduate).  

Não é só isso. Muitas vezes os títulos ganham um subtítulo, uma explicação. Mantém-se parte do nome original, mas coloca-se um adendo na frente. Moonlight: sob a luz do luar Spotlight: Segredos revelados são exemplos dessa tática.

tradução-títulos-moonlight

Além disso, é importante reforçar que o objetivo das distribuidoras ao traduzirem os filmes para outra língua é mercadológico. Elas precisam fazer com que esse filme seja visto pelas pessoas.

Então, os subtítulos são usados como recurso de encantamento e sedução para que o público rompa a fronteira que o distanciava de ver o filme. Por vezes, parece até que o enredo da produção é romantizado e explícito com alguns subtítulos.  Moulin Rouge – Amor Em Vermelho, Pulp Fiction – Tempo de Violência e Forrest Gump – O Contador de Histórias exemplificam esse ponto.

títulos-tradução-Forrest-Gump-O-Contador-De-Histórias-1080x675

E quando o filme é a adaptação de um livro?

Quando os filmes são adaptações de obras literárias, as distribuidoras acabam optando por manter a tradução que os livros tiveram no país. Isso acontece porque o público identifica e associa imediatamente o nome do filme ao livro. São exemplos a saga Harry PotterMillenium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres e a saga Crepúsculo.

títulos- tradução -O cálice de fogo

O português

Para reforçar a ideia de identificação cultural que as distribuidoras levam em consideração, podemos exemplificar a diferença dos títulos entre Brasil e Portugal. Ambos os países falam a mesma língua, mas com certeza têm hábitos, provérbios, gírias e jargões diferentes.

Recentemente, um poster que ficou famoso no Facebook foi o de A garota no trem, que em Portugal ganhou o nome de A rapariga no comboio.  Comparando os dois títulos traduzidos, é notável que todas as palavras são sinônimas entre si, mas seus usos em cada país é diferente. 

Se a Rapariga no comboio fosse distribuído no Brasil, o público o teria colocado na seção de comédia, já que são termos usados em narrações satíricas aqui no país. Nota-se também que, mesmo havendo diferença entre a mesma língua, o título foi traduzido literalmente do inglês The girl in the train.

Outro exemplo é Bastardos Inglórios que ganhou tradução literal do inglês (Inglourious Basterds) no Brasil. No entanto, em Portugal foi chamado de Sacanas sem lei.

títulos-tradução-sacanas

Qual é o certo, então?

Só dá para saber se deu certo ou errado pela receptividade do público. Mas tenha certeza de que existe uma equipe de marketing por trás de cada título traduzido.

Para os mais cinéfilos, a tradução pode enfraquecer a escolha do diretor sobre como sua obra seria apresentada. Para aqueles que prezam pela obra no seu sentido mais puro, até as adaptações dos pôsteres seriam um crime com a sétima arte.

Posts Relacionados