Rebobine: reviva Rouge, a “Spice Girls” brasileira mais querida!Música

Rebobine: reviva Rouge, a “Spice Girls” brasileira mais querida!

Rebobine sua VHS interna e venha nostalgiar com a gente! Toda terça-feira uma lembrança nova pros jovens dos anos 2000. E, se você ainda era um bebê na época, venha conhecer mais do começo do milênio.


Leia mais:


Rouge: 15 anos de muito “Asereje”

Que delícia é saber que a gente pode rebobinar Rouge e ainda poder esperar mais das meninas! Sim, a girlband mais querida do Brasil dos anos 2000 tá voltando. Mas, antes de falar sobre o retorno, vamos de nostalgia!

Lembram-se de quando Rouge veio à tona pela primeira vez? Foi lá em 2002, quando participaram do show de talentos do SBT, Popstars. Elas eram conhecidas como as Spice Girls brasileiras. Atualmente, o grupo é composto por Aline Wirley, Karin Hils, Fantine Thó e Li Martins.

Quando se trata de álbum, o grupo possui quatro. Em 2002, foi lançado Rouge, que vendeu quase 2 milhões de cópias no Brasil; depois, em 2003, veio C’est La Vie; em 2004, o Blá Blá Bláe, em 2005, o Mil e Uma Noites. Que tal conhecer/recordar os melhores hits de cada um?

‘Rouge’

O álbum de estreia de Rouge, autointitulado, rendeu o sucesso para as meninas. Hits como Ragatanga, Não Dá pra Resistir e Beijo Molhado ganharam o coração de muitos fãs. Pra começar, se você quiser saber o sentido do refrão doido de Ragatanga, fizemos uma matéria sobre isso.

‘C’est La Vie’

Esse álbum não teve tanto o hype que o primeiro. Contudo, trouxe a faixa Brilha La Luna, que virou também febre entre os fãs. Além disso, trouxe versões brasileiras das músicas Runaway (The Corrs) e C’est La Vie (B*Witched).

‘Blá Blá Blá’

Nesse álbum, a antiga integrante Luciana Andrade não participou. As músicas que tomaram as paradas da época foram Blá Blá Blá e Sem Você. Ah, nesse mesmo período, a banda ganhou o prêmio de Melhor Banda, vindo da Academia Brasileira de Letras.

‘Mil e Uma Noites’

Foi o último álbum da girlband. Elas terminaram em 2005 após o contrato com a Sony não ser renovado. Não tiveram muitas faixas de destaque, mas o diferencial desse compilado foi que elas inseriram grandes sucessos propositalmente. Foi mais como uma despedida de todo o sucesso. Uma das músicas inéditas que apareceram no CD foi Me Leva Contigo:

Uma das integrantes falou mais sobre o disco:

Percebemos que chega um momento na vida de todo artista, que ele grava um CD como Greatest Hits e nós já pensávamos em fazer isso antes. Juntamos os grandes sucessos, com seis músicas inéditas e gravamos este quarto CD, juntando o útil ao agradável. O nome ‘Mil e Uma Noites’ é porque nós estamos comemorando mil e uma noites de sucessos, de carreira.

A volta de Rouge

Yey! Nada melhor do que rebobinar ao vivo, podendo receber músicas inéditas, não é? As meninas estão de volta e tudo começou com um show no Rio: Chá de Alice. A festa marcou o retorno delas. Em outubro, no Rio de Janeiro, elas subiram no palco e agitaram os fãs com os hinos dos anos 2000, comemorando os 15 anos da banda. Agora, além de trazer tudo à tona, teremos mais produções para ouvir. Posso ouvir um amém?

Rouge está preparando novas músicas. Elas confirmaram nessa sexta (03) que assinaram contrato com o empresário Pablo Falcão. Ele, por sua vez, já adiantou:

Vamos reescrever uma nova e linda história do Rouge!

Posts Relacionados

Facebook Comments