Conheça o ‘Pizzagate’, a teoria da conspiração que está revirando a internetBuzz

Conheça o ‘Pizzagate’, a teoria da conspiração que está revirando a internet

Pizzagate não é exatamente uma teoria nova. O termo surgiu durante as eleições presidenciais no ano passado, quando pessoas começaram a dizer que Hillary Clinton e seu presidente de campanha, John Podesta, estariam envolvidos numa rede de tráfico humano e pedofilia.

Supostamente, uma pizzaria em Washington seria o centro de toda a trama. Muitas imagens surgiram na época, vindas de fóruns polêmicos como o 4Chan, alegando os crimes que aconteceriam no local. Acabou que, em junho, um cidadão resolveu tomar providências. Edgar Welch invadiu o local com uma arma, para libertar as supostas vítimas, mas não encontrou ninguém — e foi condenado a quatro anos de prisão.

Tudo por trás do Pizzagate, obviamente, visava descreditar a campanha de Hillary Clinton para a presidência dos Estados Unidos, em prol de Donald Trump. Acabou que não foi encontrado nada que ligasse a candidata ao caso, exceto que ela já pediu pizzas dessa pizzaria. Mas de tempos em tempos o assunto volta à tona.


Leia mais:


Cliton: escândalos bem antes do ‘Pizzagate’

Não que seja impossível: várias instituições poderosas têm escândalos de pedofilia e outros tipos de abuso. Até mesmo em Hollywood. O ator Elijah Wood já deu várias entrevistas comentando sobre como a pedofilia é difundida no meio, e tudo é acobertado.

Mas voltando ao Pizzagate, existem realmente alguns dados que ligam os Clinton a pedófilos convictos. Especialmente o marido de Hillary, Bill Clinton. Alguns anos atrás, houve um escândalo envolvendo Laura Silsby, diretora de uma ONG de proteção a crianças. Ela foi condenada por tráfico humano, mas Bill Clinton interviu para que sua pena fosse reduzida. Também podemos falar de Jeffrey Epstein, amigo pessoal e próximo do ex-presidente, que foi condenado por abusar de dezenas de crianças e adolescentes.

Posts Relacionados

Facebook Comments