“Orgunga”: primeiro disco de estúdio de Rico Dalasam chega com download gratuitoMúsica

“Orgunga”: primeiro disco de estúdio de Rico Dalasam chega com download gratuito

Um dos nomes da música nacional que mais tem chamado atenção é, sem sombra de dúvidas, o do rapper paulista Rico Dalasam. O artista vem quebrando barreiras de gênero e provando que para fazer música você não precisa de um rótulo, atuando ainda como porta-voz da luta contra a homofobia e o racismo. Desde o lançamento de seu primeiro EP, Modo Diverso, o artista vem trabalhando em um disco de estúdio, também primeiro de sua carreira. Batizado de Orgunga, o disco finalmente foi lançado e o melhor: está disponível para download gratuito.

“Orgunga”: Rico Dalasam estreia primeiro disco de estúdio

O primeiro álbum de Rico Dalasam conta com oito faixas totalmente autorais e chegou através das plataformas digitais, mas ainda há um formato físico que será lançado de forma independente. O lançamento foi feito com exclusividade pela Rolling Stone Brasil, veículo com o qual o rapper falou um pouco mais sobre o disco e a disponibilização do material de forma gratuita.

Eu mesmo, para ouvir as músicas que gosto, já me vi dentro de três plataformas diferentes. Isso ainda não torna a música democrática. Achamos incrível estar em todos os lugares da música e procuramos também outras formas de ganhar dinheiro. Neste momento, meu coração me manda colocar as músicas para download gratuito. Se eu quero que chegue para todo mundo, tenho que deixar do jeito mais fácil para que isso aconteça.

O nome Orgunga foi uma criação do próprio rapper. De acordo com ele, o nome é a junção de “orgulho, negro e gay”, já que são estas as bandeiras levantadas pelo artista desde o começo de sua carreira.

orgunga-rico-dalasam-agambiarra


Leia mais:


Lista de faixas de “Orgunga”

  1. Milimili
  2. Riquíssima (remix)
  3. Dalasam
  4. Esse Close Eu Dei
  5. Drama
  6. Honestamente
  7. Relógios
  8. Vambora

Para fazer o download do disco gratuitamente basta acessar este link.

Posts Relacionados

Facebook Comments