‘O segredo dos seus olhos’: um filme sobre a imutável paixão humanaCinema

‘O segredo dos seus olhos’: um filme sobre a imutável paixão humana

Existem alguns motivos para o filme argentino O Segredo dos seus olhos chamar a atenção do espectadores. Ele ter ganhado o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro é um deles. Ser estrelado por Ricardo Darín e Soledad Villamil é outro. Porém, depois de assistido, o longa estaciona seu pensamento em muitas dúvidas sobre as emoções humanas, principalmente a paixão.

O texto abaixo contém SPOILERS.


Leia mais:


‘O segredo dos seus olhos’: um filme sobre a imutável paixão humana

Agora com bastante tempo livre, o recém aposentado oficial da justiça, Benjamin Espósito (Ricardo Darín), decide escrever um romance sobre seu passado. Espósito escolhe contar a trágica história da qual foi testemunha em 1974 e de sua paixão por sua chefe, Irene Menéndez Hastings (Soledad Villamil). Durante a investigação de um estupro e assassinato de uma bela jovem, Benjamin conhece Ricardo Morales (Pablo Rago), marido da vítima, a quem promete encontrar o culpado pelo crime. Para isso, ele conta com a ajuda de seu colega Pablo Sandoval (Guillermo Francella) e de sua chefe Irene.

À primeira vista, o longa seria mais um filme de investigação policial, repleto de ação e suspense. Mas na verdade, percebe-se em O segredo dos seus olhos  diversas histórias que seguem amarradas na narrativa por uma mesma motivação humana: a paixão. Uma linha policial entrelaçada a uma romântica consegue criar sucedidas surpresas ao longo da trama. É através da investigação de um crime que Benjamim consegue resolver seu caso com Irene, por exemplo.

O segredo está no olhar

Escolhemos duas cenas do filme para tentar elucidar como as linhas, policial e passional, se entrelaçam no decorrer do filme.

Na película, Benjamim descobriu o autor do crime, Isidoro Gomez (Javier Godino) apenas pelo olhar do criminoso para a vítima nas fotos. A partir de um crime passional, percebemos esse sentimento tomar frente do enredo e reconhecemos diversas paixões.  A de Benjamim por Irene, Pablo pelo álcool e brigas, Morales por sua ex-mulher e Isidoro pelo futebol . E foi através dessa paixão – pelo futebol – que Espósito encontrou Gomez.

Veja a cena:

A segunda delas é o impressionante plano sequência de quase 5 minutos que se inicia sobrevoando um estádio de futebol e consegue chegar dentro de um box de banheiro.

Essa sequência muito bem ensaiada resume o ritmo investigativo da trama toda. Porém, a prisão do culpado pelo crime brutal não era o desfecho principal do filme. Mas o desenrolar do caso é o que deixa explícito a denúncia da história. A cena em que o estuprador é interrogado por Benjamin e Irene potencializa o que o diretor vinha tentando nos dizer desde o título do filme. O segredo estava nos olhos. Enquanto Irene questionava a masculinidade de Gomez, o plano fixa no olhar do criminoso. Em uma atuação notável, Isidoro transmite uma agressão misógina a Irene apenas com o seu olhar faminto e odioso. Era uma paixão viciosa, revessa.

Ainda, mesmo depois de ter sido preso, o estuprador Isidoro Gomez foi solto e virou capanga do juiz que o condenou. Essa injustiça amedronta Benjamim e Irene, depois da morte a sangue frio de Pablo. A paixão de Espósito por Hastings ficaria presa dentro dele, agora que teve que se mudar fugindo de Gomez. Além disso, Benjamim teria que viver com a ideia de que não cumpriu sua promessa com Morales. Parece que a vontade de prender o culpado é a mesma que Benjamim tem de libertar seu amor por Irene.

Mais alguns pontos sobre o filme ‘O segredo dos seus olhos’

Além da interpretação quase ontológica do longa. Algumas observações podem ser feitas. A fotografia, por exemplo, tem um trabalho muito cuidadoso aliado à direção de arte.

Enquanto o filme está no tempo presente, percebe-se uma luz branca em um cenário mais neutro, de cores lavadas. Nos flashbacks, uma fotografia quente, que ressalta o vermelho — passional e criminoso — aos olhos. A arte colabora com essa escolha. Praticamente todos os objetos em cena transitam entre os tons de marrom e laranja, com vermelho sangue em destaque. Isso tudo intensifica o jogo de paixões que vemos no filme e ajuda a não deixar o espectador perdido na cronologia da história.

o segredo dos seus olhos - a gambiarra

Também, nos planos de ambientação, aqueles que precedem algumas cenas para contextualizar o cenário, vemos todos os horizontes inclinados. É como se a imagem buscasse demonstrar uma instabilidade emocional na trama. E consegue.

O filme está disponível na Netflix.

Facebook Comments