[quads id="3"]
[quads id="4"]
“Invocação do Mal 2”: a verdadeira história e a relação com Ed e Lorraine WarrenCinema

“Invocação do Mal 2”: a verdadeira história e a relação com Ed e Lorraine Warren

Invocação do Mal não apenas foi tão bom quanto a verdadeira história que inspirou o filme, ele passou a se tornar uma das maiores bilheterias de filmes de terror de todos os tempos, por isso não é surpresa que uma sequência tenha sido desenvolvida desde então. O filme de terror criou essa tempestade perfeita de contar histórias de terror com qualidade.

Assim como o original, Invocação do Mal 2 vai explorar outra história verdadeira, só que desta vez se concentra em um dos casos sobrenaturais mais famosos da história: o Poltergeist, de Einfeld. Marcando o que se tornaria um dos casos sobrenaturais mais testemunhados na história, o verdadeiro acontecimento é uma história terrível de possessão que Janet Hodgson viveu.

invocacao-do-mal-2-agambiarra

A história é tão fascinante quanto assombrosa.

O real acontecimento de “Invocação do Mal 2”

Em 1977, Peggy Hodgson – uma mãe solteira de quatro filhos – viu pela primeira vez sinais do que seria um dos casos mais famosos da história. Ruídos altos saíam do quarto de suas filhas, mas o que Peggy viu foi duas meninas enroladas em suas camas e olhando para a parte de trás do quarto. Quando foi investigar, uma das cômodas estava presa, como se uma força invisível a estivesse segurando.

invocacao-do-mal-2-1-agambiarra

Nisso, barulhos começaram a emanar das paredes, como se alguém estivesse batendo. Peggy junta seus filhos e vai correndo para a casa dos vizinhos, que pertenciam a Vic e Peggy Nottingham. Vic também ouviu os barulhos e relatos da época apontam que ele começou a se assustar.


Leia mais:


 

Peggy chamou a polícia, mas esta disse que o caso não competia a ela. As manifestações cessaram por um tempo para logo depois voltarem, com mármores e peças de Lego começando a voar ao redor da sala. Maurice Frosse (da Sociedade de Pesquisas Psíquicas) foi investigar o caso junto ao parapsicólogo Guy Lyon Playfair.  Juntos, ambos alegam terem testemunhado quase dois mil casos de incidentes sobrenaturais, mas o mais assustador nesses 18 meses investigando o caso foi ouvir uma voz demoníaca saindo de Janet, de apenas 11 anos de idade.

invocacao-do-mal-2-2-agambiarra

No entanto, havia a ideia de que as crianças estavam brincando e enganando os adultos, mas por 18 meses? Estranho. Mas onde que entra Ed e Lorraine Warren?

Warrens visitaram a casa

Até aqui você se pergunta onde Ed e Lorraine Warren entram na história. Acontece que a casa foi visitada pelo casal em 1978 e eles estavam convencidos de que o sobrenatural era responsável pelos casos, e não as crianças.

Em relatos, Ed Warren fala sobre o caso:

Por exemplo, pegue o caso que Lorraine e eu começamos a investigar no verão passado [1978] em Enfield, na Inglaterra, onde fenômenos espirituais desumanos estavam em andamento. Agora, você não pode gravar a atmosfera perigosa. Mas você pode filmar as levitações, teletransportes e desmaterializações de pessoas e objetos – para não mencionar as centenas de horas de gravações dessas vozes falando em voz alta nos quartos.

Se ele está ou não sendo uma fonte crível é um assunto completamente diferente, mas é interessante ouvir o que um dos mais famosos pesquisadores paranormais tinha a dizer sobre o caso do poltergeist britânico.

Esperta foi a Warner que aproveitou o sucesso de Invocação do Mal para desenvolver uma sequência. Invocação do Mal 2 e a história de Janet Hodgson será contada nos cinemas a partir do dia 9 de junho. Confira o trailer abaixo:

Posts Relacionados

Facebook Comments