Harvey Weinstein e muitos outros artistas agressores que a gente aplaudeBuzz

Harvey Weinstein e muitos outros artistas agressores que a gente aplaude

As denúncias contra Harvey Weinstein levantaram de novo a polêmica questão dos assédios e estupros em Hollywood. Não são raras, mas como são artistas, tudo é sempre abafado. Atrizes como Angelina JolieGwyneth PaltrowKate Winslet pedem para que essa situação seja tratada como inadmissível, o que realmente é.

Entretanto, não é tão simples. A crença popular costuma dizer que esse tipo de denúncia pode arruinar a vida de um homem, mas não é bem assim: especialmente de artistas.

Johnny Depp é a prova mais recente disso. O ator foi julgado e culpado — afinal, tinha provas em vídeo — de agredir Amber Heard, agora ex-mulher. Nada mudou: ele continua a ser convidado para filmes e aclamado como grande artista (também discordo), como se nada tivesse acontecido.

artistas agressores

Sean Penn bateu em Madonna com um taco de baseball quando eram casados, Chris Brown espancava RihannaNicolas Cage foi preso por bater na esposa. Sean Connery, Michael FassbenderArnold Schwazenegger, Cee Lo Green, José Wilker. A lista de artistas agressores é grande. Até porque na verdade, são várias, como essa aqui do Daily Beast.


Leia mais:


Separando as obras dos artistas agressores

Isso só falando das acusações confirmadas e julgadas. Nomes como Woody Allen, Roman Polanski e Jared Leto colecionam denúncias por estupro, que com bastante frequência, são retiradas. Mas isso não significa inocência. Sabemos que a justiça é corruptível, e não é nada fácil quando se tem um homem poderoso, rico e famoso diante de você.

E, no fim das contas, não importa. Deveria importar, mas as pessoas não ligam. Afinal, ‘temos que separar o artista da obra’. Mesmo que todo o dinheiro e poder que eles ganhem com suas obras sirva para mantê-los impunes e seguros, no pedestal de ‘grande artista’.

Posts Relacionados

Facebook Comments