Boicote ao Grammy 2018: Lorde se recusa a apresentar na premiaçãoListas e Premiações

Boicote ao Grammy 2018: Lorde se recusa a apresentar na premiação

Grammy 2018 aconteceu nesse domingo (28) no Madison Square Garden, Nova Iorque. Essa é uma das maiores premiações da música e trouxe algumas controvérsias (como sempre). Lorde foi a única mulher a ser indicada na categoria Álbum do Ano e acabou se recusando a subir ao palco.


Leia mais:


Lorde não teve a mesma chance que os homens no Grammy 2018

A cantora concorria com Kendrick Lamar, Childish Gambino, Bruno Mars e JAY-Z na principal categoria da premiação – Álbum do Ano. Segundo a Variety, todos os cantores receberam o convite para cantarem no palco do Grammy 2018, mas a proposta foi diferente para Lorde.

Kendrick Lamar abriu a premiação e convidou integrantes do U2 para apresentar a sua XXX. Childish Gambino apresentou a faixa Terrified, presente no aclamado álbum Awaken, My Love. Bruno Mars convidou Cardi B para subir ao palco com ele para o remix de Finesse. JAY-Z preferiu não aceitar o convite e ficou de fora dos palcos.

Em um momento em que só se fala de igualdade de gênero, a Academia não ofereceu uma performance solo para a cantora, ainda segundo a Variety. Ela teria sido convidada para uma homenagem ao músico Tom Petty, ao lado de outros artistas, enquanto todos os outros indicados (homens) foram convidados para performances solos.

O presidente da Recording Academy, Neil Portnow, deu uma daquelas desculpas em entrevista:

É difícil ter um ano equilibrado com todos se apresentando. Não podemos fazer com que todos os candidatos se apresentem.

A cantora respondeu pelo Twitter:

Se você está debatendo se eu consigo ou não arrasar no palco… Venha ver você mesmo.

Posts Relacionados

Facebook Comments