Grammy 2017: Adele ganha Melhor Álbum do Ano, mas quebra troféu e divide com BeyoncéListas e Premiações

Grammy 2017: Adele ganha Melhor Álbum do Ano, mas quebra troféu e divide com Beyoncé

Caso você tenha ido dormir mais cedo, na noite passada rolou a premiação do Grammy 2017, e muita coisa aconteceu mesmo.

Um dos pontos altos da noite foi a cantora Adele, que levou para casa de cara três Grammys, inclusive o mais importante: O Álbum do Ano, com o disco 25.

Em solidariedade à amiga Beyoncé, Adele achou justo dividir o prêmio em dois para compartilhar com a musa, concedendo um discurso muito bonito a favor do grandioso álbum concorrente, Lemonade.

adad


Leia Mais:


Discurso de Adele a favor de Beyoncé tira lágrimas da Queen B

‘Para mim é impossível aceitar esse prêmio”, afirmou Adele. “O álbum Lemonade foi tão monumental, Beyoncé. Foi tão grandioso, elaborado, belo e apaixonante… Nós agradecemos por isso. Todos nós artistas a adoramos. Você é nossa luz”, disse enquanto a TV mostrava a colega em meio a lágrimas.

“A forma como você fez com que eu e meus amigos nos sentíssemos, a forma como você fez meus amigos negros se sentirem, é empoderador. Eu te amo, sempre te amei e sempre vou te amar”, finalizou a inglesa. Muito solidárias uma com a outra, Bey também respondeu que amava a amiga da plateia.

Segundo o jornal britânico The Independent, nos bastidores da premiação, Adele voltou a expressar sua incredulidade com a vitória: “Eu achei que era o ano dela. Que p***a ela precisa fazer para ganhar um prêmio de Álbum do Ano?”.

Na entrevista realizada após o evento, Adele voltou a expor seu descontentamento: “Lemonade foi o meu álbum preferido. Então, como fã da Beyoncé, uma parte de mim morreu um pouquinho, não vou mentir. Eu estava torcendo por ela, eu votei nela. Era a vez dela ganhar”.

Posts Relacionados