Novo trailer de ‘Em Ritmo De Fuga’ apresenta Baby, plano musical de Kevin Spacey e muita açãoCinema

Novo trailer de ‘Em Ritmo De Fuga’ apresenta Baby, plano musical de Kevin Spacey e muita ação

Em Ritmo De Fuga, ou Baby Driver, o novo filme de Edgar Wright (Trilogia Cornetto e Scott Pilgrim) ganhou um novo trailer nessa segunda-feira (13). O primeiro trailer do filme foi divulgado no sábado, quando o filme foi exibido pela primeira vez no festival SXSW.

O trailer internacional, que é esse novo e mais completo, mostra mais cenas de ação. Ele também detalha o plano de Kevin Spacey e explica por que Baby dirige tão bem quando está ouvindo música. Confira.

Baby (Ansel Elgort) é um rapaz mudo que precisa ouvir música o tempo todo para silenciar o zumbido que perturba seus ouvidos. Motorista de uma gangue de criminosos, ele cai na estrada em fuga após um assalto a banco não sair como planejado.

Escrito e dirigido por Edgar Wright, o longa conta com os nomes de Ansel Elgort, Lily James, Jamie Foxx, Jon Hamm, Kevin Spacey, Eiza Gonzalez, Jon Bernthal, entre outros.

Em Ritmo De Fuga chega aos cinemas do Brasil no dia 17 de agosto de 2017.


Leia Mais:


‘Em Ritmo de Fuga’: thriller com Jon Hamm, Jamie Fox e Ansel Elgort é ovacionado no SXSW

Em Ritmo de Fuga foi ovacionada pelo público e pela crítica durante o Festival South by Southwest (SXSW).

Durante a mesa redonda de perguntas e respostas, conduzida pelo cineasta Robert Rodriguez, Edgar Wright, respondeu a alguns questionamentos sobre o trabalho de produção ao lado de parte do elenco.

em-ritmo-de-fuga-agambiarra-3

O diretor comentou que teve a ideia para o filme há mais de vinte anos e admitiu que chegou a fazer uma primeira leitura do roteiro em 2012. De acordo com ele, a ideia original já incluía Jon Hamm, o único ator que permaneceu até o fim. O cineasta também revelou que já tinha toda a parte musical planejada antes do longa começar a ser rodado.

Tudo estava escrito no roteiro. Quando eu comecei, genuinamente a escrevê-lo, tive ideias para partes do set, então só de ouvir minha coletânea de discos eu já conseguia visualizar temas. Então quando escrevi o resto do script, não escreveria a cena até encontrar a trilha sonora ideal.

A escolha pelos efeitos práticos

Ao longo da rodada de perguntas e respostas, Wright também falou sobre o uso de dublês. Eles trabalharam sem CGI nas sequências feitas com carros e o mínimo de tela verde foi aplicado. Segundo ele, muitas dessas tomadas foram feitas durante a luz do dia em vias principais, além de auto-estradas na cidade de Atlanta.

Foi incrivelmente difícil… Eu sempre me surpreendo com essas pessoas que fazem grandes cenas com carros e agora que eu fiz tais sequências, estou ainda mais boquiaberto com eles, porque essas tomadas são tão árduas de serem feitas, assim como também são divertidas de serem assistidas.

O cineasta também comentou sobre a decisão de se prender dentro do carro durante as cenas de perseguição, ao invés de optar por filmar tudo logo atrás, dentro de outro veículo:

Isso foi uma daquelas coisas malucas da cabeça que uma vez que você se compromete, tem que fazer.

O filme ainda teve sua data de estreia confirmada para 11 de agosto de 2017 nos EUA. Já o lançamento no Brasil está marcado para o dia 17 de agosto.

Facebook Comments