Baleia Azul: o jogo sádico que incentiva o suicídio de adolescentesBuzz

Baleia Azul: o jogo sádico que incentiva o suicídio de adolescentes

Ao mesmo tempo em que a Netflix faz uma campanha para ajudar pessoas com tendências suicidas a melhorarem, um grupo de curadores sádicos está recrutando jovens adolescentes para participar de um jogo muito perigoso. O Baleia Azul é um grupo em que os participantes devem realizar 50 tarefas — entre as quais se cortar — e, no final, tirar a própria vida.

As semelhanças com o terceiro episódio da terceira temporada de Black Mirror são assustadoras. Para quem não viu, o recrutamento na série se dá em forma de coação dos adolescentes.

No Baleia Azul, os curadores, como se autodenominam os mentores do jogo, apresentam dados pessoais e até mesmo o IP do computador dos jovens para conseguir com que façam as tarefas.

O mais bizarro é a espetacularização das coações que explicitam o sadismo dos mentores e a fragilidade dos jovens que aceitaram o desafio. Aparentemente iniciado na Rússia, o jogo está alarmando familiares ao redor do mundo e já causou algumas vítimas no Brasil.

Em fevereiro, duas jovens se mataram na região da Sibéria, na Rússia, após terem participado do jogo. Uma delas, de apenas 15 havia, compartilhado a imagem de uma baleia azul em seu Facebook.

O advogado e perito em direito digital, José Antônio Milagre, disse ao JCNET:

São jovens que estão fragilizados, muitas vezes coagidos e constrangidos com a divulgação de informações pessoais, que na verdade já são públicas


Leia mais:


Quais são as tarefas do Baleia Azul?

Entre os desafios estão mutilações corporais com navalhas e filmes psicodélicos indicados pelo curador. Desenhar uma baleia azul com uma lâmina no antebraço e postar na rede social. A última tarefa é “tire sua própria vida”. Os desafios são passados por redes sociais (WhatsApp, Facebook) e, geralmente, as vítimas tem menos de 16 anos. Isso caracteriza-se como crime contra incapaz. A delegada Fernanda Fernandes da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) do Rio de Janeiro disse para O DIA após ter recebido uma denúncia da mãe de um jovem de 12 anos que havia recebido o desafio:

Inicialmente, achei um fato atípico. Mas, depois que li as mensagens, percebi que havia um certo convencimento na linguagem utilizada. Se a criança é induzida a se cortar, isso configura lesão corporal, já que o ‘curador’ estaria agindo por autoria mediata (domínio da vontade alheia), se utilizando do incapaz para a prática de crimes

A delegada ainda afirma já terem identificado milhares de pessoas jogando o Baleia Azul no Brasil. Ainda no Rio, outra garota de 12 anos tentou suicídio na escola.

baleia azul tarefas

baleia azul

As consequências do jogo ao redor do mundo e no Brasil

Esse terror psicológico é um crime cibernético e precisa ser denunciado. A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) do Rio de Janeiro já abriu um inquérito para investigar algumas mortes que podem estar relacionadas ao jogo. Em Minas Gerais, Mato Grosso e Paraíba, também já existem investigações em andamento sobre o assunto. O perito digital, Milagre, disse ainda :

É importante preservar chats para que possam servir de base para eventual medida para apurar autoria e responsabilizar os criminosos

Vale lembrar que criminosos virtuais também devem ser responsabilizados. Caso conheça alguém que esteja sendo coagido virtualmente, é possível pedir a quebra de sigilo das redes sociais apoiada pelo Marco Civil da Internet.

Adolescente pedem para participar do Baleia Azul nas redes

Pelo Facebook, o publicitário Bernardo Boechat já havia mostrado sua preocupação com o jogo. O responsável pelo grupo Baleia — uma rede de ajuda para pessoas acima do peso e que querem combater a gordofobia — disse que recebeu um monte de pedidos — entre 5o e 60 por dia — de jovens que não se encaixavam no perfil do grupo.

O estranhamento foi tanto, que depois de conversar com uma das jovens, os organizadores do Baleia descobriram do que se tratava. A garota ainda postou em seu facebook: ” Por favor, alguém me adicione no grupo Baleia Azul”.

Outros jogos mórbidos pela internet

A internet é incrível, mas também pode ser uma arma letal. Além do Baleia Azul, existem outros jogos sádicos que obrigam pessoas a compartilharem crimes contra si mesmo nas redes. Os desafios de asfixia, do Sal e do Gelo e o assustador Jogo das Fadas. Este último incita crianças a ligarem o gás de fogão durante a madrugada enquanto os pais dormem.

É importante o monitoramento por parte dos pais sobre o que as crianças consomem na internet. A vulnerabilidade é enorme e pessoas com má índole são mais do que imaginamos.

Posts Relacionados