Bahá’i: conheça a religião mais moderna do mundoBuzz

Bahá’i: conheça a religião mais moderna do mundo

Talvez você nunca tenha ouvido falar da Fé Bahá’i, uma religião mundial independente que tem suas próprias leis e escrituras sagradas que surgiram na antiga Pérsia, onde hoje é o Irã. Os primeiros ensinamentos surgiram no ano de 1844, fazendo com que a Bahá’i seja uma religião essencialmente moderna.

Esse modernismo, obviamente, reflete nos principais pontos da religião: ela não possui dogmas, rituais, clero ou sacerdócio. Toda a liberdade faz com que muitos a procurem. Estima-se que em todo o mundo sejam 6 milhões de adeptos. Isso torna a Bahá’i, segundo a Enciclopédia Britânica, a segunda religião mais difundida no mundo, sendo superada apenas pelo Cristianismo.

Estes seis milhões de usuários estão espalhados em mais de 170 países, difundindo para cada vez mais pessoas os principais ensinamentos desta religião. Abaixo, um apanhado geral de tudo que é destaque na Bahá’i.

bahá'i 05

Bahá’u’lláh (originalmente Mirzá Husayn Ali), Fundador da Bahá’i.

A origem da Fé Bahá’i

A Bahá’i foi fundada por Bahá’u’lláh, título dado a Mirzá Husayn Ali, que viveu entre 1817 e 1892. Na história da religião, este fundador é tido pelos bahá’is como o mais recente na linha dos Mensageiros Divinos, e esta linha se estende por um longo passado, que inclui nomes como Abraão, Moisés, Buda, Krishna, Zoroastro, Cristo, Muhammad e O Báb.

A principal ideia da Bahá’i foca em uma humanidade global. Para isso, segundo seus seguidores, a mensagem de Bahá’u’lláh foca em um mundo que caminha para a unificação. Para o fundador, Deus colocou forças históricas em movimento, e tais forças estão rompendo as tradicionais barreiras de raça, credo, classe e nacionalidade.

Este rompimento é a força que impulsionará esta unificação da humanidade, e cabe a cada um aceitar esta mudança, agindo ainda como fonte de ajuda para que a unificação se conclua. Deste modo, os ensinamentos da Bahá’i experimentam o encorajamento da população, para que todos façam parte do processo e criem a chamada família global, tendo a mãe Terra como seu grande lar.

bahá'i 03

Os principais ensinamentos

cada seguidor é chamado de bahá’i, referenciando sempre o fundador da religião. Estes bahá’is seguem a crença na unicidade de Deus e na igualdade entre todos os membros da família humana. Eles seguem também alguns ensinamentos que têm esta mesma igualdade como norte principal. Veja um breve resumo deles abaixo:

  • A unidade da humanidade:

    Como fomos criados pelo mesmo Deus, um único Deus, todos fazemos parte do mesmo mundo, e por isso somos indivíduos únicos. No final das contas, fazemos parte da mesma família humana.

  • A igualdade entre mulheres e homens:

    A família humana caminha junta pela igualdade entre homens e mulheres, e os humanos só atingirão seu pleno potencial quando passos concretos que garantam o avanço das mulheres forem dados.

  • A eliminação dos preconceitos:

    Todo o preconceito, seja ele qual for, de raça, credo, gênero ou situação econômica, é maléfico e precisa ser superado.

  • A origem das religiões:

    Todas as religiões que apareceram e ainda existem são instrumentos de propagação dos ensinamentos divinos, mostando que Deus revelou-se por meio de sucessivos Manifestantes Divinos, com o único propósito de guiar e educar a humanidade.

  • A unidade da família:

    A saúde e unidade da sociedade estão diretamente ligadas e dependem da saúde e unidade da família.

  • O potencial de cada ser humano:

    Crianças, jovens e adultos precisam ter a oportunidade de desenvolver seu pleno potencial.

  • O serviço à humanidade:

    Os talentos e as capacidades de cada ser humano devem ser usados em benefício da sociedade global.

  • A vida após a morte:

    A realidade material é apenas um estágio no processo evolutivo, que continua após deixarmos nosso corpo físico.

  • A oração como parte fundamental da vida

    O ato de orar nos conecta com o sagrado e a religiosidade, fazendo com que cada um conheça a si e ao próximo cada vez mais.

800px-PikiWiki_Israel_14823_Bahai_Gardens

Jardim Bahá’i em Israel, no local onde Bahá’u’lláh foi sepultado.

Os textos sagrados

Chamados de Revelação de Bahá’u’lláh, os livros com textos sagrados compreendem centenas de volumes e algumas epístolas que versam sobre todos os assuntos da humanidade. É a primeira vez na história que os materiais escritos ainda existem, tendo sido escritos pelo próprio Bahá’u’lláh.

Alguns textos foram transcritos pelos seus seguidores, mas tudo passou depois pela sua própria aprovação, legitimizando assim o que ele quis dizer ou passar adiante.

Os Escritos Sagrados da Fé Bahá’i foram criados originalmente em Persa ou Árabe por conta da localização em que a religião surgiu. Quando Bahá’u’lláh desenvolveu os textos, ele ainda determinou que seu neto mais velho como único tradutor dos textos. Os artigos foram traduzidos principalmente para o Inglês, língua base hoje em dia para os ensinamentos da Bahá’i.

Em inglês, a explicação do símbolo da imagem acima.

Em inglês, a explicação do símbolo da imagem acima.

O desenvolvimento espiritual

Os preceitos desta religião levam a sério o desenvolvimento espiritual, principalmente neste século, onde grande parte dos seres humanso tem sofrido com problemas relacionados à estabilidade emocional e psicológica, o que dificulta o enfrentamento de dificuldades e incertezas presentes na vida moderna.

Se não dá para fugir dos problemas, que possamos pelo menos amenizar seus desdobramentos, aumentando assim a felicidade individual, que refletirá na felicidade coletiva.

O site oficial da Bahá’i possui um curso online de desenvolvimento espiritual, além de dicas e informações para aqueles que querem ser bahá’is e/ou procuram alguns dos diversos cursos presenciais que a religião oferece, em diversos locais do país. Para saber mais, basta clicar aqui.

bahá'i 04 templo chicago

Templo Bahá’i em Chicago, nos Estados Unidos.

O Bahá’i no Brasil

Por mais que muita gente nunca tenha ouvido falar da religião, ela está presente no Brasil desde 1921. Hoje são mais de 65 mil indivíduos, pertencentes a todas as raças e classes sociais imagináveis, que buscam a mesma coisa: a unidade humana. Estas pessoas continuam, ano após ano, sua busca pela construção de uma sociedade em constante evolução.

A presença em solo brasileiro compreende hoje mais de 1300 municípios, que recebem inúmeras atividades voltadas para o desenvolvimento local, todas elas gratuitas e abertas para qualquer um. São diversas reuniões focadas em oração e meditação; alguns círculos de estudo; aulas de educação espiritual para crianças; além de grupos focados em pré-jovens.

A Bahá’i procura sempre deixar clara a sua identidade global e os preceitos da humanidade cada vez mais coletiva. É uma tendência que muitos veem para o futuro, e a própria religião se mostra com traços modernos, sem extremismos e com respeito a todas a classes, gêneros, raças e idades.

A Terra é um só país e os seres humanos seus cidadãos“: esta frase define bem os preceitos da Bahá’i, e pode ser encontrada em diversos locais no país, incluindo nos dois monumentos à Paz, um em Goiânia e outro no Rio de Janeiro. Ambos monumentos possuem formato piramidal, formando uma espécie de ampulheta. Dentro deles, porções de terra de mais de 115 países.

Monumento à Paz em Goiânia.

Monumento à Paz em Goiânia.

Tais porções encontram-se separadas individualmente e por cores, além de se encontrarem misturadas na base destas grandes ampulhetas. Os monumentos foram instalados em momentos importantes de cada cidade, e uma réplica deles está presente na sede das Organizações das Nações Unidas.

Se você quer saber ainda mais sobre a religião, não deixe de acessar seu site oficial, que detém as principais informações, bem como dicas de leituras essenciais para aqueles que querem contribuir para uma humanidade cada vez mais conjunta e feliz.

Posts Relacionados

Facebook Comments